Como ser freelancer e ter dinheiro?

 

Freelancing rima com “malabarismo financeiro constante”. Concordam?

O maior problema de qualquer freelancer é saber lidar com as remunerações variáveis. As despesas são fixas mas as remunerações não. É preciso seres metódica para conseguires gerir a parte financeira, para depois teres espaço mental para a parte criativa.
Então, (million dollar question) como ser freelancer e não ter problemas de dinheiro?
O método 50/30/20 pode salvar-te.

Calma, não precisas de fazer muitas contas, é muito simples.

O método 50/30/20 consiste em dividir cada remuneração em três partes:
Para despesas fixas (representam 50% do valor): Segurança Social, Rendas, Telecomunicações, Pagamento por Conta, Seguros, Créditos…
Para despesas adicionais (representam 30% do valor): Supermercado, Livros, Ginásio, Roupas…
E, para poupanças (representam 20% do valor): Conta Poupança.

Simplificando… se tiveres um pagamento de 1.000,00 eur.:
50% do valor (500,00 eur.) são para despesas fixas.
30% do valor (300,00 eur.) são para despesas adicionais.
20% do valor (200,00 eur.) são para a conta poupança.

Se fizeres este exercício para cada pagamento que recebes (é indiferente o montante) vais:
– ter uma noção real dos gastos
– perceber que não é tudo lucro
– vai ajudar-te a fazer melhores orçamentos
– a ter sempre dinheiro de lado para os meses de pior rendimento

Evita:
– tirar dinheiro da conta poupança a toda a hora
– gastar dinheiro (esta é óbvia) mas, a verdade é que queremos sempre ter mais, então utiliza outro método, o das 48h! Sempre que te apetecer comprar alguma coisa que esteja fora do teu orçamento, deixa passar esse tempo, se te esqueceste é porque não tinhas necessidade.
– achar que não vale a pena colocar de lado (os 20%) de um pequeno montante, todos os cêntimos contam.

Saber exactamente quanto dinheiro tens e onde o gastas é extremamente importante para teres sucesso. Não há outro caminho para conseguires trabalhar por conta própria.

Tive a ajuda do livro “The Working Woman’s Handbook” para escrever este artigo.

4 livros para mulheres empreendedoras

 

creative confidence the working woman's handbook little black book don't get a job make a job

Quem me segue pelo Instagram ou subscreve as Newwwsletters já me “ouviu” falar deles. À excepção do Little Black Book, que já li e reli, todos eles estão a ser consumidos pouco a pouco, não só porque o meu tempo de leitura é escasso, mas, porque gosto de os ler com caneta e bloco de notas ao lado para apontar tudo e retirar o máximo de ensinamento possível. Decidi agrupá-los com os respectivos links de compra, para que também vocês possam tirar o máximo partido deles.

 

Creative Confidence : Unleashing the Creative Potential within Us All, Tom Kelley e David Kelley

O post do Instagram sobre este livro é curiosamente, o post onde tenho mais interacção por parte dos meus seguidores. Talvez porque todas nós, quando temos os nossos próprios negócios, estamos em constante procura por estas duas palavras mágicas: CRIATIVIDADE e CONFIANÇA. O que este livro nos ensina é precisamente elevar o que temos de melhor, sem medos. É mesmo de leitura obrigatória 🙂 Comprar

 

The Working Woman’s Handbook : Ideas, Insights and Inspiration for a Successful, Creative Career, Phoebe Lovatt

Descobri primeiro a sua autora (num post do Atelier Doré), e fascinou-me tanto a plataforma que ela criou, o The WW Club, que tive de comprar o livro. Cheio de exercícios super interessantes e impulsionadores, é muito fácil de ler e está carregado de dicas. É muito comum enquanto leio, pensar: “Isto foi mesmo escrito para mim”. Ah, e tem imensas entrevistas (não comuns) a mulheres que admiramos, como a Elaine Welteroth, a Penny Martin entre outras. Comprar

 

Little Black Book : The Sunday Times Bestseller, Otegha Uwagba

Este pequeno livro (só em tamanho) é muito mais que o objecto perfeito para colocar nos flat lays do Instagram. É um livro que facilmente transportamos para todo o lado e onde podemos ir buscar muita inspiração, dicas de organização e coordenação. Gosto imenso da Otegha (do power que ela transmite) e da forma como ela aborda temas tão sensíveis e dos quais nunca queremos falar, como o dinheiro. Este livro também está ligado a uma plataforma muito interessante, a Women WhoComprar

 

Don’t Get a Job Make a Job: How to make it as a creative graduat, Gem Barton

A capa já revela muito do que se pode esperar do conteúdo, mas, se queres um livro que te ajude a divulgar os teus serviços / produtos / trabalho este pode ser muito bem o “the one”, e está cheio de exemplos práticos de sucesso. Comprar

 

Têm mais sugestões?